Para onde vai a China?

Política Operária nº 111, Set-Out 2007

Anúncios

Correntes marxistas no século XX

Francisco Martins Rodrigues[1]

Neste breve panorama das correntes marxistas no século XX distjngo cjnco grandes correntes: social-democracia, bolchevismo, stalinismo, revisionismo e maoísmo. De passagem, farei referência a duas outras correntes que considero derivadas: o conselhismo e o trotskismo.

Continuar a ler

O elogio da cegueira

Francisco Martins Rodrigues

No seu artigo “As relações entre a vanguarda e as massas” (PO nº 109), José Mário Branco lembra-nos que são as massas em movimento o verdadeiro protagonista da história, que é a luta de classes que gera a vanguarda e não o contrário; que as massas só farão aquilo que querem fazer, não o que a vanguarda considera justo; que, para penetrar nas massas, a teoria deve ser traduzida para o nível da prática política: que a revolução proletária só poderá acontecer e sobreviver quando as massas assumirem como seu o projecto de transformação da sociedade…

Continuar a ler

O relatório Kruchov

Francisco Martins Rodrigues

Assinalando o 7 de Novem­bro, aniversário da Revolução Russa, a Renovação Comunista, agora legalizada como associação política, promoveu mais um de­bate na Biblioteca-Museu Repú­blica e Resistência, desta vez de­dicado ao célebre relatório de Kruchov no 20° congresso do PCUS, em Fevereiro de 1956. Na mesa, Paulo Fidalgo, da organi­zação, Fernando Rosas, Carlos Brito e Raimundo Narciso. Continuar a ler

Álvaro Cunhal: O prisioneiro (1949-1960)

Álvaro Cunhal, vol. III: O prisioneiro (1949-1960), J. Pacheco Pereira. Temas & Debates, Lisboa, 2005,748 pp. Leitura obrigatória para quem queira conhecer a história do PCP, o trabalho de Pacheco Pereira reú­ne neste 3o volume uma docu­mentação exaustiva sobre o perío­do de 1949 a I960, entre a prisão de Cunhal e a sua fuga do forte de Peniche.

Continuar a ler