XX Congresso do PCUS – Ruptura em aberto

Francisco Martins Rodrigues

Passam 50 anos sobre o XX Congresso do PCUS. Com as suas críticas ao “culto da personalidade” e aos “graves erros” de Staline, a oferta ao imperialismo de uma “nova era de coexistência pacífica” e o anúncio da “passagem pa­cífica e parlamentar ao socialismo” nas democracias bur­guesas, o congresso desencadeou um terramoto no já ago­nizante movimento comunista.

Continuar a ler

Anúncios

O mistério da camioneta fantasma

Francisco Martins Rodrigues

Apoiado na consulta da do­cumentação existente, Hélder Costa oferece-nos nesta sua nova peça O Mistério da camioneta fantasma, Teatro da Barraca, Lisboa. barraca@mail.telepac. pt) uma explicação para o mis­tério que até hoje rodeia os cri­mes da “noite sangrenta” de 19 de Outubro de 1921, quando, na onda de mais um golpe militar, grupos aparentemente descon­trolados de marinheiros e civis percorrem a cidade numa “cami­oneta fantasma” à caça de diver­sas personalidades eminentes do regime, que acabam assassinadas.

Continuar a ler

Proletariado: classe para si ou classe para os outros?

Francisco Martins Rodrigues

No artigo “A arrumação e correlação das forças de classe na sociedade portuguesa”*, Manuel Brotas discute a questão das classes em Portugal, questão há muito praticamente abandonada pelos que entre nós se reclamam do marxismo, talvez sob a influência da propaganda em voga sobre os “arcaicos mitos classistas”. Só por isso, quanto mais não fosse, o artigo é de grande utilidade pela recolha e análise que faz dos números das estatísticas oficiais. Continuar a ler

A propósito do debate do Orçamento

Francisco Martins Rodrigues

A cólera surda que cresce no mundo do trabalho não está a passar pelos partidos de esquerda e pelos sindicatos. Estes não estão de modo algum à altura da gravidade da situação e da resposta exigida.

Continuar a ler