Os últimos anos de Bukharin

Francisco Martins Rodrigues

Para o chamado “espírito de­mocrático” reinante, a história do Grande Terror na URSS de Staline é assunto esgotado. A razão democrático-burguesa, segura dos seus valores e da sua virtude, não vê na­da de especial a inquirir nesse fenó­meno: totalitarismo produz terror, seja ele de direita ou de esquerda, Staline é o avesso de Hitler, ponto final.

Continuar a ler

Zapatistas aplaudidos ou o amor da burguesia pelos derrotados

Francisco Rodrigues

Em resposta a um questionário do Jornal de Letras a propósito da recente marcha zapatista sobre a cidade do México, o director da P. O. enviou o seguinte comentário: 

Fala-se, a propósito do zapatismo, em “nova esquerda”. Parece-me tratar-se antes de uma esquerda tímida, mesmo raquítica, de modo nenhum à altura do grandioso movimento popular que represen­ta.

Continuar a ler