XX Congresso do PCUS – Ruptura em aberto

Francisco Martins Rodrigues

Passam 50 anos sobre o XX Congresso do PCUS. Com as suas críticas ao “culto da personalidade” e aos “graves erros” de Staline, a oferta ao imperialismo de uma “nova era de coexistência pacífica” e o anúncio da “passagem pa­cífica e parlamentar ao socialismo” nas democracias bur­guesas, o congresso desencadeou um terramoto no já ago­nizante movimento comunista.

Continuar a ler

Anúncios

Retomar a ruptura

Francisco Martins Rodrigues

Dir-se-á que a crítica de 1964 [do CMPL, Comité Marxista Leninista Português, fundado por FMR] teve o seu papel no desmascaramento do reformismo, mas que hoje, numa situação interna e internacional completamente transformada, tem um interesse apenas histórico. Creio que é o contrário. Chega agora a vez de a “nova esquerda”, na luta contra o neoliberalismo, nos impingir as velhas receitas do PCP, revistas e aumentadas. Continuar a ler