Somos todos proletários?

Francisco Martins Rodrigues

Çomo resposta aos reaccionários arautos da “extinção do proletariado”, tem circulado nos meios de esquerda a afirmação de que proletários, segundo Marx, seriam praticamente todos os assalariados.

Continuar a ler

O Congresso está ganho. O pior agora é explicar a “perestroika”

Francisco Martins Rodrigues

Os dirigentes do PCP devem estar satisfeitos: o XIII congresso do partido, há dias terminado em Loures, cumpriu os objectivos tra­çados.

Continuar a ler

Os últimos anos de Bukharin

Francisco Martins Rodrigues

Para o chamado “espírito de­mocrático” reinante, a história do Grande Terror na URSS de Staline é assunto esgotado. A razão democrático-burguesa, segura dos seus valores e da sua virtude, não vê na­da de especial a inquirir nesse fenó­meno: totalitarismo produz terror, seja ele de direita ou de esquerda, Staline é o avesso de Hitler, ponto final.

Continuar a ler

Idealização da revolução russa atrasa o avanço do comunismo

Francisco Martins Rodrigues

No seu artigo (P.0.76 e 78), Manuel Raposo procura demonstrar que a Revolução Russa poderia ter chegado ao socialismo e marcou com fortes traços de socialismo a URSS enquanto esta existiu.

Continuar a ler