A luta contra a quadrilha cavaquista deve minar a ordem capitalista

Francisco Martins Rodrigues

(na sessão de apresentação da Frente da Esquerda Revolucionária na Voz do Operário em 24 de Abril de 1989)

Depois que esta intervenção foi feita, a FER faliu. Por isso mesmo pode ter interesse recordar algumas posições que já então foram definidas em contraponto à tendência dos trotskistas de dar um tom reformista à campanha e de adoçar as posições mais contundentes que a OCPO vinha defendendo.  Continuar a ler

Staline de novo

Francisco Martins Rodrigues

Ao passar meio século sobre a morte de Staline, a grande imprensa portuguesa usou mais uma vez o assunto como pretexto para tentar enterrar a revolução russa, o movimento comunista e as ideias do comunismo. Staline foi “um dos monstros mais sinistros do século XX”; o stalinismo foi a “consequência inevitável da teorização leninista do marxismo”; a “dimensão demencial, paranóica, de uma brutalidade assassina” de Staline foi uma forma extrema de uma bestialidade que esteve e está presente em todos os países de governo comunista. Etc., etc.

Continuar a ler